‘Conhecimento é tudo!’

4



Você lê rótulos ?



Alguém aqui tem o hábito de ler rótulos? Não apenas dos medicamentos, mas também dos alimentos e cosméticos? Se informar sobre aquilo que usamos diariamente é uma tarefa que podemos aos poucos nos habituar. E não é necessário sermos especialistas, basta um pouco de boa vontade. Imagino que quanto aos medicamentos, grande parte da população se interessa em saber os efeitos colaterais, por exemplo. No que diz respeito aos alimentos, já está se tornando um costume verificar calorias, teor de sódio, gorduras. No entanto, sobre cosméticos… Certamente os consumidores se preocupam em conferir benefícios, mas será que a população de um modo geral procuram se informar sobre restrições, cuidados especiais e forma correta de uso  dos produtos cosméticos adquiridos na farmácia, supermercado ou até mesmo em revistas?
Aqueles que realizam suas compras com um consultor Racco, certamente tem como esclarecer suas dúvidas, pois uma das preocupações da empresa é capacitar seus colaboradores. Caso o consultor, em determinada ocasião não tiver a resposta apropriada para seu cliente, tem por perto o promotor para maiores esclarecimentos. Mas sabemos que nem toda empresa de cosméticos favorece a disseminação do conhecimento entre seus consultores. De todo modo, neste post quero compartilhar algumas informações que obtive em uma publicação em jornal local. É sobre alguns componentes utilizados na maioria dos cosméticos existentes no mercado. São dicas valiosas para todos nós, consumidores e revendedores, principalmente às pessoas alérgicas, gestantes e mães.
Um exemplo de restrições é a uréia, bastante utilizada em hidratantes corporais, totalmente proibida para gestantes. No caso de bebês, corantes nem pensar e colônias, apenas as que não possuem álcool etílico na formulação. Alergia a maquiagem? Esqueça aqueles produtos baratinhos, carregados de corantes artificiais, essências e derivados de petróleo.
A seguir, algumas substâncias presentes na maioria dos cosméticos e suas restrições.


Outra atitude importante para o consumidor é verificar se o produto utilizado tem registro no Ministério da Saúde, o que garante sua aprovação na ANVISA, como também localizar o número do lote, data de fabricação e validade, além do registro no conselho do responsável técnico pela formulação e produção do cosmético utilizado.

Bom Pessoal espero que tenham gostado do Post e 
fica aqui a dica,preste atenção em tudo que forem comprar pra não sairem
prejudicados.

                                By Sid Alves


4 comentários:

Memorial Maria Padilha disse... [Responder Comentário]

Olá, Lindo o Seu Blog Parabéns :) seguindo lá do ORKUT...segue o meu blog também http://memorialdaatrizmariapadilha.blogspot.com.br/ OK??

att!

Sid Alves disse... [Responder Comentário]

Obrigada!Pode deixar que sigo sim.Abraços!

Morgan Nascimento disse... [Responder Comentário]

Olá, parabéns pelo blog!
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção

Sid Alves disse... [Responder Comentário]

Obrigada Morgan!Já estou seguindo seu blog!Abraços!

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t

Que bom ter você por aqui !
Seu comentário vai ser lido e respondido com muito carinho!
Fique super a vontade para dar dicas , fazer sugestões , sempre claro mantendo a delicadeza e a ética , não ofenda ninguém é muiito deselegante.
Serão excluidos todos os comentário que ofendam alguem ou que seja para tirar proveito do meu blog.
Se quiser deixar o link do seu blog com certeza irei visita-lo , não peça para seguir sem me seguir primeiro.

Beijiinhus